Se candidata talvez n√£o se reeleja, se alijada da disputa, PT alijado do planalto

Publicado terça-feira,30 de julho de 2013, matéria sobre POL√ćTICA. Acompanhe mais informações, assine: RSS 2.0. Obrigado por acessar a OSCIP BRASIL. E-mail: oscip@brasil.dx.am

Dilma disse √† Folha de S. Paulo: ‚ÄúLula n√£o vai voltar porque n√£o saiu‚ÄĚ. Foi em resposta √† pergunta sobre se ele voltaria a ser candidato √† presid√™ncia da Rep√ļblica em 2014 quando, a principio, Dilma tentar√° se reeleger. O que Dilma quis dizer com essa hist√≥ria de ‚Äún√£o voltar porque n√£o saiu?‚ÄĚ Objetivamente, nada. Apenas fugiu de uma resposta direta, frontal √† pergunta. Razo√°vel. Se nem ela sabe o que vai acontecer.

Uma coisa é termos uma presidência compartilhada como temos hoje. Dilma não se sente segura para governar sozinha. Pede conselho a Lula sempre que a infelicidade bate à sua porta. Se não pede, ele oferece por telefone. Ou por meio de ministros e assessores que devem o emprego a ele e não a Dilma. Bem, outra coisa é proceder como Lula quando Dilma substituiu José Dirceu na chefia da Casa Civil.

Para enganar os tolos, Lula passou os dois √ļltimos anos do seu segundo mandato repetindo que Dilma governava tanto quanto ele. E que era melhor gestora do que ele. Ora, Dilma fazia o que Lula mandava. Muitas das sugest√Ķes que deu foram acatadas por Lula. Outras, n√£o. Esperto, Lula entregou a ger√™ncia do governo a Dilma para governar √† vontade. N√£o se governa sem fazer pol√≠tica. Muito menos se governa centralizando tudo.

Lula teve melhor equipe do que Dilma tem. Embora soubesse lidar com políticos, cercou-se de gente que também sabia.Os bons ventos sopraram a economia enquanto governou. Por hábil e carismático, levou no gogó a maioria dos brasileiros sempre que se viu em aperto. Depois de consultar amigos, concordou que não valeria a pena batalhar pelo terceiro mandato consecutivo. Deu um tempo. Chamou Dilma. Espera reciprocidade.

H√° condi√ß√Ķes para que a reciprocidade se consuma. Mas Dilma est√° obrigada antes a reagir. Sua popularidade n√£o poder√° continuar caindo. Falta mais de um ano para a pr√≥xima elei√ß√£o. Se Dilma chegar feito um trapo em mar√ßo n√£o parecer√° natural que anunciem para deleite certo do distinto p√ļblico: ‚ÄúSenhoras e senhores, o candidato do PT e de nove entre 10 partidos √† presid√™ncia da Rep√ļblica ser√°‚Ķ Luiz In√°cio Lula da Silva‚ÄĚ.

Que brincadeira é essa? A melhor gestora do governo Lula teria fracassado ao se tornar gestora do seu próprio governo? Ou simplesmente Lula mentiu ao imputar-lhe a falsa condição de melhor gestora? Lula pensa que é assim? Que o povo é bobo e jogará a culpa na Rede Globo? Que o país engolirá a desculpa de que o mau desempenho de Dilma surpreendeu até ele mesmo? Mas que uma vez de volta ele haverá de correr atrás do tempo perdido?

O eventual retorno de Lula passar√° pela reabilita√ß√£o de Dilma. A perman√™ncia do PT no poder passar√° pela reabilita√ß√£o de Dilma. Se candidata outra vez, ela talvez n√£o se reeleja. Mas se for alijada da disputa presidencial para evitar uma derrota √© quase seguro que o PT acabar√° alijado do Pal√°cio do Planalto. Sem arrog√Ęncia alguma, aceitam-se apostas. Cartas √† reda√ß√£o. Ou: e-mails. Como preferirem.

‚ÄėSalvem Dilma!‚Äô, por Ricardo Noblat. Publicado no Globo.

Não acredite no que ler ou ouvir neste site. Tire suas próprias conclusões.

ASSUNTOS recém-publicados

OUTROS ASSUNTOS

ÔĽŅ
OSCIP BRASIL 2008-2014 ¬© Alguns direitos reservados ‚ÄĘ caixa postal 10810 Bras√≠lia/DF ‚ÄĘ oscip@oscipbrasil.org.br ‚ÄĘ [61] 4141-6181 ‚ÄĘ @oscipbrasil